Xadrez Tartan é tendência neste Inverno 2014 02/05/14

O tartan não deixa de ser um tipo de xadrez, mas a principal diferença está no fato de que esse, originalmente, era de uso restrito às famílias escocesas que criavam uma “padronagem-assinatura” para simbolizar sua “casa” no brasão da família. Hoje, contudo o tartan já não mais carrega essa restrição, tanto é que ele foi destaque nas passarelas durante o lançamento de coleções de grifes como a Moschino, a Chanel e a Blugirl na Semana de moda de Milão e é marca registrada, quando colorido em tons de bege, preto e vermelho, da inglesa Burberry.

Resumindo: O Tartan é o xadrez preto&vermelho, carro-chefe deste inverno 2014.

O segredo para diferenciar xadrez de tartan é observar atentamente a padronagem, dessa forma é possível identificar as diferenças que compõem as linhas de um e de outro. Enquanto o tartan é composto pela união de linhas de diferentes espessuras que vão formar o quadriculado de cores distintas, como os tão tradicionais da indumentária escocesa, o xadrez pode ser composto pelo encontro de linhas únicas chegando tanto proporções menores (como os pequenos e delicados que formam o “xadrez vichy” – grande proposta para o verão 2014, em breve dedicaremos um post somente para tratar sobre esse), quanto em escalas maiores.

Historicamente falando, o xadrez remete a Idade do Ferro, sendo bem mais antigo que o tartan. Agora a tarefa de distinguir um do outro cabe também a você, é só treinar o olhar para perceber a diferença. Na dúvida, simplesmente invista na padronagem – afinal, ela está entre as preferidas do público independente da estação. Aposte em camisas, vestidos, saias ou casacos nas coordenações cromáticas certas para adequar o “xadrezismo” em produções de inverno ou de verão e voilà!

Fonte: Blog Kamalito